ShutterstockFoto: Shutterstock

Pré-treino natural: alimentos que funcionam como termogênicos!

Adicionada em 01 de abril de 2022

Ir treinar bem cedinho ou depois de um longo dia de trabalho nem sempre é fácil. Às vezes falta disposição e parece que o corpo não responde aos estímulos dos exercícios. Para resolver essa falta de ânimo, muitas pessoas recorrem aos suplementos termogênicos, os chamados “pré-treino”.

O suplemento age como estimulante no sistema nervoso central: acelera os batimentos cardíacos, aumenta o fluxo sanguíneo do corpo e reduz a fadiga, conferindo mais força e disposição. Apesar dos benefícios, vale lembrar que o termogênico pode ser nocivo à saúde se for utilizado sem prescrição médica.

Segundo o nutricionista Flávio Sant’ana, quem tem predisposição ou possui problemas cardíacos e outros males como hipertensão, enxaqueca, desordens gastrointestinais, insônia e até ansiedade e depressão, precisa evitar esse tipo de suplemento ou ser orientado por um profissional.

Existe também o fato de a dose recomendada nas embalagens ser padrão, não é algo individual ou personalizado. Antes de consumir um pré-treino é importante entender a necessidade e a tolerância de cada organismo”, reitera.

Para quem quer dar uma turbinada no treino sem apelar para os pré-treinos industrializados, existe uma saída: o consumo de alimentos que contêm substâncias que agem como termogênicos naturais no corpo. Eles estimulam e aceleram o metabolismo e podem auxiliar na melhora do desempenho nos exercícios.

Inclusive, muitos desses alimentos estão presentes artificialmente nos suplementos vendidos como pré-treinos”, ensina Sant’ana.

Alimentos que funcionam como pré-treino natural

  • Café – Tem efeito estimulante e dá mais concentração para a execução do exercício. Também acelera o metabolismo, facilitando a queima de gordura;
  • Gengibre – Tem efeitos analgésico e anti-inflamatório, o que reduz a fadiga muscular;
  • Chá verde – Possui substâncias que melhoram a queima de gordura e aceleram o metabolismo. O chá verde ainda tem antioxidantes como flavonoides, taninos e alcaloides que previnem o excesso de radicais livres e estimulam energia por tempo prolongado;
  • Pimenta – Contém vários compostos bioativos, dentre eles a capsaicina, responsável pelo aumento da produção de calor e por acelerar o metabolismo;
  • Canela – Além de acelerar o metabolismo, tem propriedades antioxidantes e contribui para melhorar a digestão;
  • Pó de guaraná – Estimula a liberação de adrenalina e dopamina, que promovem sensação de bem-estar e disposição para treinar. Também é rico em cafeína, substância de efeito estimulante para o desempenho.

Atenção ao horário de consumo

Os alimentos termogênicos devem ser ingeridos um pouco antes do início do treino. Dependendo do alimento, o efeito pode durar de 30 min até 6 horas. “Por isso é interessante mantê-los longe da hora de dormir. Recomenda-se consumi-los até, no máximo, 17h”, alerta Sant’ana.

É natural, mas em excesso faz mal

Mesmo os alimentos classificados como saudáveis, quando consumidos em excesso podem ser prejudiciais ao equilíbrio do organismo. O nutricionista recomenda adicionar os alimentos termogênicos à rotina sem nenhuma dose ou obrigação, aliados a uma alimentação balanceada.

Não é necessário consumi-los todos no mesmo dia, nem todos os dias. É possível usá-los separadamente antes do treino ou adicioná-los nas refeições. Por exemplo: tomar uma xícara de café como parte da alimentação matinal, usar um pedaço pequeno de gengibre para saborizar a água ou tomar um copo de chá verde no meio da tarde”, aconselha.

Receitas de pré-treino natural

Chai energético

Composto de carboidratos simples, o suco deve ser consumido antes do treino.

  • 2 xícaras de água
  • 1 xícara de casca de abacaxi
  • 2 colheres (sopa) de chá verde
  • ½ colher (chá) de gengibre fresco ralado
  • ½ colher (sopa) de mel

Modo de preparo: ferva a água e acrescente o restante dos ingredientes e aguarde cerca de cinco minutos. Em seguida, coe e sirva quente ou gelado.

Suco para dar energia

Por causa da alta quantidade de fibras, é melhor que o suco seja consumido durante o dia para evitar desconforto gastrointestinal durante o treino.

  • 4 folhas de couve-manteiga
  • 1 maçã com casca
  • 1 pedaço pequeno de gengibre
  • 1 xícara de água de coco

Modo de preparo: coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem. Transfira para um copo, de preferência sem coar.