Dicas de delícias saudáveis (e sem glúten!)

Adicionada em 19 de agosto de 2013

O glúten é uma proteína presente em cereais como aveia, centeio, trigo e cevada. Ele também é encontrado em todos os derivados desses cereais, como a farinha de trigo, granola, pão, cerveja e outros. É o glúten que proporciona a viscosidade à massa e evita que os alimentos fiquem secos. Mas, o seu grande problema está na intolerância e na alergia que ele provoca em algumas pessoas.

Esse problema acaba dificultando a alimentação, já que inúmeros alimentos comuns do dia a dia contêm glúten. Mas, existem alternativas acessíveis para fugir dessa proteína. “Por meio de técnicas culinárias específicas, conseguimos aproximar receitas sem glúten das receitas tradicionais”, afirma a nutricionista Priscila Di Ciero, especialista em nutrição esportiva.

“A vida social fica um pouco mais comprometida, ainda mais no Brasil, onde ainda não temos tantas opções de produtos para quem não come glúten, incluindo restaurantes, diz a nutricionista.

Veja  três receitas indicadas Priscila Di Ciero para delícias sem glúten:

BOLO DE FUBÁ

Ingredientes

1 ½xícara(s) de chá de açúcar orgânico
1colher(es) de sopa de manteiga em temperatura ambiente ou derretida
1/2xícara(s) de chá de óleo ou óleo de coco virgem (que fica muito bom)
3 ovos inteiros (sendo as claras em neve)
3xícara(s) de chá de fubá
1colher(es) de sopa de farinha de banana verde
1xícara(s) de chá farinha de arroz (ou ½ de farinha de arroz + 1/2 de polvilho doce)
2colher(es) de sopa de fermento em pó
1xícara(s) de chá de leite de coco (pode ser light) levemente aquecido

Modo de preparo

Bata bem as gemas com o açúcar, o óleo e a manteiga usando uma batedeira. Acrescente as farinhas peneiradas (de arroz, de banana verde e fubá), colocando o leite aos poucos, mexendo com auxilio de uma colher. Por último, agregue as claras em neve e o fermento em pó. Untar uma forma de buraco no meio com óleo e farinha de arroz. Asse até que, ao entrar um palito, o mesmo saia sequinho (aproximadamente 25 minutos).

O forno deve ser pré-aquecido a 180ºC. Pode ser congelado por até dois meses. Em temperatura ambiente pode ressecar um pouco. Consuma-o em dois dias no máximo. Acompanha bem com geleia de frutas e chá de ervas.

PÃO DE QUEIJO COM ÓLEO DE COCO

Ingredientes

1/3xícara(s) de chá de óleo de coco (se não tiver derretido, derreta-o)
1xícara(s) de chá de leite (pode ser usado leite de soja sem açúcar)
1pitada de sal
2xícara(s) de chá de polvilho azedo
2 ovos inteiros (batidos)
1/2xícara(s) de chá de mussarela ralada (se ela estiver muito mole, coloque no freezer por uns 10 minutos e ela fica fácil de ralar)
1/2xícara(s) de chá de queijo parmesão ralado

Modo de preparo

Separe o polvilho em um recipiente de vidro. Ferva o óleo de coco com o leite e o sal e escalde no polvilho, mexendo bem, a princípio com a colher, depois, coloque as mãos para homogeneizar. Deixe amornar, coloque os ovos, um a um, mexendo bem. Acrescente os queijos. Formará uma massa firme, porém macia. Unte as mãos com óleo de coco para fazer as bolinhas, assim não cola na mão e facilita a modelagem. Não precisa untar a forma.

MASSA DE PANQUECA

Ingredientes

1 ovo
60g de amido de milho
250ml de leite de soja sem sabor, ou leite de amêndoas, ou leite desnatado
1colher(es) de chá rasa de sal

Instruções

Bata o ovo com auxílio de um garfo, adicionar o amido de milho e misturar um pouco. Coloque aos poucos o líquido, misturando até que o amido de milho esteja dissolvido.

Unte uma frigideira antiaderente com óleo de coco, azeite, óleo de soja ou manteiga, e deixe esquentar bem. Use uma concha medida (dependendo do tamanho da frigideira que for usar) e jogue a mistura. O amido de milho tende a se acumular no fundo do recipiente onde você misturou os ingredientes, por isso, cada vez que for fazer um disco de panqueca, mexa bem. Recheie as panquecas já frias.

Todas essas receitas estão presentes no site da nutricionista Priscila Di Ciero: prisciladiciero.com.br