Amêndoas podem auxiliar na luta contra a balança e diabetes

Adicionada em 13 de janeiro de 2014

Pesquisadores da Universidade de Purdue tem uma boa dica de petisco para quem está brigando contra a balança e diabetes. De acordo com estudo da Instituição de ensino norte-americana, consumir uma porção de 40 gramas de amêndoas, diariamente, aumenta a sensação de saciedade e ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue, além de diminuir o risco de câncer no fígado. A pesquisa foi feita com 137 pessoas com tendência a ter o diabete do tipo 2.

Durante o experimento, os voluntários foram divididos em cinco grupos: um evitou qualquer tipo de noz durante o dia, outro comia somente no café da manhã, outro no fim da manhã, outro no almoço e outro apenas no fim tarde.

O estudo durou quatro semanas e os participantes foram instruídos a não fazer nada de diferente em sua dieta e dia a dia.

De acordo com o autor do estudo, o Dr. Richard Mattes, durante a pesquisa os participantes se sentiram cheios por causa das calorias extras das amêndoas, e isso fez com que o consumo diário de energia não subisse. Os voluntários também relataram uma falta de apetite maior principalmente nas refeições feitas mais tarde, particularmente quando as amêndoas foram um lanche, ao invés de uma refeição.

 Segundo os pesquisadores, isso ocorreu, porque as amêndoas contêm gordura monoinsaturada, proteínas e fibras que promovem a sensação de saciedade.

No final da pesquisa, os especialistas constataram que a amêndoa é um ótimo petisco, que, além de diminuir o nível de açúcar no sangue e evitar os tão recorrentes "ataques de gula", pode também reduzir o risco de câncer no fígado, por ser um alimento rico em vitamina E.