O Imperador etíope

Adicionada em 11 de novembro de 2010

Por Fausto Fagioli Fonseca

Nascido na província de Arsi, na Etiópia, no ano de 1973, Haile Gebrselassie teve uma infância pobre junto com seus nove irmãos e seus pais, pequenos agricultores. Percorria (correndo) um trajeto de aproximadamente 10 km para ir para a escola todas as manhãs. A volta também se dava pelo mesmo percurso. Essa experiência lhe rendeu, além de um futuro inimaginável na corrida, um pequeno defeito de postura. Como carregava os livros embaixo do braço esquerdo, Haile, por muito tempo, apresentou um jeito peculiar de correr, como se ainda tivesse os objetos de estudo ali, presos.

Aos 16 anos participou da sua primeira prova. Contra corredores mais velhos, o jovem aspirante a atleta largou rápido para o percurso de 1.500 metros. “As pessoas olhava e diziam: `Vejam esse garoto. Vai desistir daqui a pouco´” lembra Haile, em entrevista à Revista O2 de maio de 2008. Ele não desistiu. Foi além. Venceu a prova e levou para casa, como premiação, um calção e uma camiseta, que guarda até hoje.

Obteve certo reconhecimento em 1992, quando conquistou os 5 mil (13min36s) e os 10 mil metros (28min03s) no Campeonato Mundial de Atletismo Júnior. Porém, a fama veio mesmo no ano seguinte, quando foi ouro nos 10 mil metros do Campeonato Mundial, feito que repetiria mais três vezes, em 1995, 1997 e 1999. Nas olimpíadas, possui duas medalhas de ouro, ambas conquistadas também nos 10 mil metros, em Atlanta 1996 e Sidney 2000.

Na principal cidade australiana, inclusive, durante os jogos, protagonizou juntamente com Paul Tergat umas das mais emocionantes disputas já vistas, na final que lhe rendeu o lugar mais alto do pódio. Ambos eram os favoritos para a conquista do ouro, e percorreram boa parte da prova lado a lado, juntamente com os outros atletas. Nos metros finais, porém, Tergat aumentou a velocidade e disparou na frente. Haile veio no embalo, não deixando o queniano escapar. Nos últimos metros, o Imperador conseguiu ultrapassar Paul Tergat, que teve que se contentar com a prata. Veja abaixo o vídeo:

O imperador
O apelido, pelo qual o atleta é conhecido até hoje, vem de dois motivos distintos. Em alusão ao imperador etíope Haile Selassie, que foi regente da Etiópia entre os anos de 1916 e 1930 e Imperador entre 1930 e 1974 e por causa de seu domínio nas principais provas de fundo nos últimos anos. Geb, como também é chamado, já quebrou nada mais nada menos que 27 recordes mundiais e é o atual recordista da maratona, principal prova do atletismo, com o incrível tempo de 2h03min59s conquistado na Maratona de Berlim em 2008.

Além dos 42 km, o atleta ainda é o detentor dos seguintes recordes: 30 km, com o tempo de 1h27min49s; Uma hora, percorrendo a distância de 21.285 metros e 20 mil metros, com a marca de 56min26s. Em campeonatos mundiais Gebrselassie contabiliza um total de oito medalhas de ouro, conquistadas nos 10 mil metros, nos 3 mil metros e nos 1.500 metros.

Bom corredor, boa gente…
Além de um atleta exemplar, Haile é também uma pessoa amada em seu país. Grande parte do dinheiro que recebeu com suas conquistas investiu na Etiópia. Calcula-se que seus empreendimentos empreguem mais de 400 pessoas (dados de 2008). São dois hotéis, uma academia e uma revendedora de carros. Mais de 1.200 alunos estudam nas duas escolas que ele abriu.

“Às vezes ficam chateados comigo porque não distribuo dinheiro. Mostro às pessoas que, se quiserem trabalhar, posso empregá-las. As pessoas não crescem com presentes, mas com oportunidades”, fala Haile, que até para presidente do país já foi cogitado. “Dizem isso de mim. Não sei se um dia serei presidente. Mas realmente quero fazer algo por meu país”.

Aposentadoria?
Recentemente, mais precisamente no último dia 7 de novembro, após abandonar a Maratona de Nova York, prova que participou pela primeira vez em sua carreira e que tinha um grande desejo pessoal de conquista, Haile Gebrselassie decidiu que iria se aposentar. O motivo de deixar a disputa (e também a vida de atleta) são as constantes dores que sente.

“Eu fiz um treinamento realmente muito forte para vencer esta corrida. Não funcionou. Cada vez que eu tenho um problema como este é difícil, e reclamar novamente e novamente é ruim. Vocês sabem quantas vezes eu reclamo? Antes de vir para cá eu treinei tão duro. É melhor parar por aqui”, disse decepcionado em entrevista coletiva logo após a prova.

Porém, já no dia 9 de novembro, em sua página de relacionamento, o corredor escreveu, para a esperança de seus fãs. “Agora é hora de eu pensar em um monte de coisas. Eu ainda amo correr. Eu sempre correrei. Apenas me dê algum tempo para pensar sobre as coisas”. Além da declaração, outro ponto que indica que talvez a decisão de pendurar os tênis seja adiada é que Haile sempre declarou sonhar em disputar sua última Olimpíada em Londres 2012. Mas isso, só o tempo irá dizer.

Identidade
Nome: Haile Gebrselassie
Nascimento: 18 de abril de 1973
Cidade Natal: Arsi (Etiópia)
Nacionalidade: Etíope
Esporte: Atletismo
Olimpíadas: Atlanta, em 1996; Sidney, em 2000; Atenas, em 2004
Medalhas: 2 de ouro