Família de Pistorius quer processar produtora de filme sobre atleta

Adicionada em 18 de outubro de 2017

A famosa e controversa história de Oscar Pistorius e sua ex-namorada Reeva Steenkamp chegará aos cinemas. “Oscar Pistorius: The Blade Runner Killer”, ainda sem título em português, está previsto para estrear nos Estados Unidos dia 11 de novembro. O filme promete mostrar, no ponto de vista da mãe de Reeva, o que aconteceu antes e durante o julgamento do corredor pelo assassinato de sua filha. Entretanto, a família Pistorius ameaça indiciar a produtora por não retratar a verdade em seu roteiro, e sim uma versão mais apelativa.

O título relaciona o apelido de Pistorius (Blade Runner) à palavra “killer”, assassino em inglês. Segundo Carl, irmão do ex-atleta, os inúmeros testes psicológicos feitos em Oscar durante um mês inteiro nunca apontaram que ele teria a mentalidade de um matador. Em entrevista ao Cape Argus, veículo sul-africano,  ele afirma: “O filme é uma distorção grosseira do que foi descoberto no tribunal.”

 

 

Nenhuma das famílias foi consultada durante a elaboração da história. Os Steenkamp só ficaram sabendo do filme recentemente, quando ele já estava em estágio avançado de filmagens; segundo seu advogado, eles ainda estavam concentrados no luto por Reeva. Após assistir o trailer, o pai da modelo afirmou que o trecho era muito curto para tomar quaisquer conclusões sobre a trama e até mesmo justificar uma ação legal.

Oscar Pistorius segue sob pena de seis anos por homicídio doloso por dar quatro tiros em Reeva Stenkamp. O atleta atirou em direção à porta de seu banheiro e alegou acreditar que atrás dela havia um ladrão.

Veja o trailer de “Oscar Pistorius: The Blade Runner Killer”:

https://www.youtube.com/watch?v=Rwal-XCcOUo