Charme e beleza no Rio de Janeiro

Adicionada em 05 de agosto de 2013

Neste domingo (04), a manhã foi delas no Rio de Janeiro. A Cidade Maravilhosa foi o palco do Circuito Lótus, série de corridas destinadas a mulheres. Mais de 3.500 participantes encheram a Praça do Pontal, no Recreio colorindo a cidade de laranja.

E o sol ainda começava a raiar quando as primeiras corredoras começaram a chegar. Em grupos, ou sozinhas, todas chegavam bem dispostas e animadas. Afinal, a animação é uma das características da prova. 

“Como é uma prova feminina, as mulheres chegam mais incentivadas para correr”, explica Mariana Ribeiro, que pela primeira vez participou do Circuito Lótus e aprovou sua performance.

“Gostei muito da corrida e em especial das regalias que nos foi oferecido. Aproveitei e até fiz massagem”, conta. 

Aos 22 anos, Mariana ainda é uma novata nas corridas de rua. Sua estreia foi em janeiro, mas desde então não parou mais. Hoje já soma dez provas e uma nova paixão na vida. 

“Comecei a correr despreocupada com o tempo. Queria emagrecer e ganhar uma vida mais saudável. Hoje posso dizer que estou viciada na corrida. Ganhei qualidade sem fazer dieta. Só corrida aliada a uma alimentação saudável. A corrida virou minha paixão”.

Outra que também buscou na corrida uma forma para emagrecer de maneira saudável foi Juliana Adrien Pastori. Experiente no assunto, a estudante de nutrição está acostumada a longas distâncias. Tanto que já participou até de meias maratonas. 

“Treino quatro vezes por semana. Faço normalmente uma prova por mês. Isso há quase dois anos", revela Juliana, que aponta o que mais gosta em uma prova exclusiva para mulheres. “A animação é maior”.

Mayara Carvalho dos Santos também aprovou a animação do Circuito Lótus. A estudante participou pela primeira vez da prova feminina e aprovou seu desempenho.

“Fiz dentro do tempo que eu esperava”, diz Mayara que começou na corrida de rua após passar por um trauma.

“Eu era atleta. Jogava handball. Mas passei por uma cirurgia no joelho e abandonei o esporte. A corrida de rua apareceu para mim como um recomeço. Hoje já estou viciada”, conta a corredora de apenas 26 anos.

O Circuito Lótus ainda passará por São Paulo (01 de setembro) e Belo Horizonte (29 de setembro).