Antes e Depois: irreconhecível, com 44 kg a menos

Adicionada em 21 de janeiro de 2014

Uma foto inesperada conseguiu mudar a vida de Diego Lopes Gonçalves, 25. Em um almoço de família, ele foi clicado e se assustou quando viu a imagem. “A minha barriga estava muito grande e não dava mais para continuar assim”, diz o técnico em segurança do trabalho. Os 122 quilos em um corpo de 1,77 m estavam desproporcionais. Gonçalves decidiu mudar e com a ajuda da corrida, em um ano, se livrou de 44 quilos, chegando a 78 kg – dentro do seu peso ideal. Tudo por causa de uma foto.

++ ANTES E DEPOIS >> ENVIE SUA HISTÓRIA DE PERDA DE PESO PRA GENTE
>> MÉDICO MAIS MAGRO
>> 19 KG A MENOS E INSPIRAÇÃO PARA OS AMIGOS
>> VEJA TODOS OS ANTES E DEPOIS DE 2013

“Após me ver naquela imagem, resolvi entrar para uma academia aqui em Mogi Guaçu (SP), onde vivo e trabalho durante a semana”, conta. “Além da musculação, fazia caminhadas na esteira, mas por conta do meu peso muito alto, percebi que só aquilo não seria o suficiente”. Foi assim que Diego começou a correr. “No começo, ficava vermelho com alguns minutos na esteira e sentia que todos me olhavam, mas não podia parar ali.”

Além de uma vida sedentária, o técnico tinha outro problema: a alimentação. “Comia sanduíches e besteiras com frequência”. Além disso, desde dezembro de 2012, se mudou de São Caetano do Sul (SP) para viver sozinho em Mogi Guaçu. “Quando fazia comida, para não jogar fora, cozinhava em grandes quantidades”. Isso também mudou. “Agora, minha dieta é cheia de frutas e legumes, além de outros itens saudáveis”. Doces e outras exceções, Gonçalves só come aos fins de semana – de forma moderada.

Ele recebeu a ajuda de vários profissionais para atingir seu objetivo. “Passei pelo nutricionista e fisioterapeuta e sei que só atingi minha meta graças à contribuição que eles me deram”. Claro, muita corrida também foi fundamental para ele. “Se tornou uma rotina da minha vida fascinante e prazerosa”, afirma.

De dezembro de 2012 ao mesmo mês de 2013, Diego saiu da obesidade, eliminando 44 quilos, e atingiu seu peso ideal. Durante o ano, também esteve em várias provas. “Até o momento, participei de 21 corridas, entre elas, a Meia de Sampa”. Porém, o grande marco para Gonçalves foi a São Silvestre. “Senti um grande orgulho ao completar aquela linha de chegada”, lembra. “Quem diria que um ano antes, eu era um obeso, e agora consigo completar uma prova tão tradicional como esta.”

Sua dedicação e resultados no esporte chamaram a atenção de amigos e familiares. “Já levei vários [amigos] para participarem das corridas”, revela. “Divulgo para o pessoal do trabalho, na academia onde treino e outras pessoas com quem convivo e algumas estão entrando para o esporte.”

Não foi só o peso e a aparência de Gonçalves que mudaram com os 44 quilos a menos. “Minha qualidade de vida é outra, renovei meu guarda-roupa, minha autoestima melhorou demais, meus objetivos de vida também.”

Sua meta na corrida é ambiciosa. “Quero correr uma maratona logo, mas sei que tenho que treinar bastante para isso”. Não a toa, ele está correndo de 6 a 7 km diários, seguido de musculação. “Tento também incluir aulas de jump e spinning no fim da tarde, antes de ir para a faculdade.”

O técnico deixa uma mensagem para aqueles que, como ele, querem perder peso. “Quando comecei, certamente muitos pensavam que eu ia parar”, garante. “O começo não foi fácil. Tive bolhas no pé, assaduras, não tinha roupas adequadas graças a todo aquele peso que tinha, mas acreditei, lutei e corri”. Hoje, ele colhe os frutos de sua perseverança. “Sou feliz pelos resultados que atingi.”

Tem uma história interessante ou conhece alguém que tenha passado por essas mudanças? Envie pra gente!